sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Livro, Parte 1, Capítulo IX, Uma escolha óbvia

Olá,

Segue o capítulo IX do livro Sou portadora da Síndrome de Stevens Johnson e quero ser mamãe. E agora?

Boa leitura!!!

Beijos e queijos...

_____________________________________________________________________________

IX

Uma escolha óbvia
Quando voltei a mim, o médico continuava a dar explicações, me orientando e, de acordo com ele, eu só teria de fazer uma escolha e não poderia me arrepender, teria de assumir as consequências: voltar para casa e não saber se chegaria com vida, ou ficar internada, pois haveria uma equipe médica de plantão à minha disposição.
Era uma corrida contra o tempo.
É claro que optei pela segunda alternativa.
O neuro providenciou tudo e fui internada naquela mesma terça-feira, dezoito de outubro de dois mil. Fiz todos os exames, desde o hemograma – exame de sangue – temperatura do corpo, pressão arterial, exame bioquímico do sangue, eletrocardiograma, verificação dos batimentos cardíacos. Por último, antes da cirurgia, ficou reservada a ressonância magnética.
Após os exames, fiquei na enfermaria todo o restante do dia e, à noite, fui transferida para o apartamento (quarto) do hospital, setor da neurocirurgia, no décimo segundo andar.
Já não podia mais me locomover sozinha. O receio do médico era que o tumor pudesse estourar e se espalhar, formando outros (metástase). Daí, minha chance de sobrevivência seria zero.
O neuro não sabia ainda as características do tumor, se era sólido ou líquido.
De acordo com ele, se fosse líquido teria de instalar uma válvula para a retirada da substância, mas a tomografia com contraste revelou o contrário: era cístico.
De qualquer modo, os cuidados eram os mesmos: não fazer nenhum esforço físico.


____________________________________________________________________


GOSTOU??? ENTÃO NÃO PERCA O PRÓXIMO CAPÍTULO! 

0 comentários:

Postar um comentário

 

Blogs e Sites

Seguidores

Conheça meu Livro

WiaWebWebmasters